12 de julho de 2017

O Cavaleiro Branco - Ensaio de quadriculografia portuguesa


Ficha técnica:
Le Chevalier Blanc
Histórico
(Bélgica) Tintin #40/8º ano, 8 de Outubro de 1953 - Tintin #4/42º ano, 20 de Janeiro de 1987
Raymond Macherot (argumento) e Fred Funcken (desenhos)
Estreia em Portugal: Cavaleiro Andante #157, 1 de Janeiro de 1955
Outras publicaçõesÁlbum do Cavaleiro Andante


Estamos no início do século XIII, o reino de França está refém de uma crise crescente de injustiças. Assim, para defesa dos oprimidos aparece um cavaleiro vestido com uma armadura cintilante, chamado O Cavaleiro Branco (Jehan de Dardemont). Anos mais tarde, Jehan e o seu amigo Tristan, participam nas Cruzadas. Após ter assegurado o argumento do primeiro episódio, Macherot abandona a série e os restantes são assegurados por Fred Funcken e, depois, pelo casal Funcken. De 1984 a 1987, aparecem alguns episódios da responsabilidade no argumento de Didier Convard.

Quadriculografia portuguesa:
  • [O cavaleiro branco] (Le chevalier blanc), 1953, F. Funcken e Macherot, Cavaleiro Andante #157 a #159
  • [O cavaleiro branco] (Le chevalier blanc), 1954, F. Funcken, Cavaleiro Andante #190 a #218
  • [O cavaleiro branco] (Le chevalier blanc (3ème épisode/4ème épisode)), 1954, F. Funcken, Cavaleiro Andante #219 a #256
  • A sombra do gládio (L’ombre du glaive), 1958, Funcken, Álbum do Cavaleiro Andante #95
  • Sem piedade (Sans pitié), 1960, Funcken, Cavaleiro Andante #456 a #469
  • O agressor desconhecido (L’agresseur inconnu), 1960, Funcken, Cavaleiro Andante #495 a #510
[actualizado em 11-12-2014]

Sem comentários:

Enviar um comentário