19 de abril de 2019

Charles Jarry - Ensaio de quadriculografia portuguesa

Desenhador, argumentista
(Bélgica) 5 de Dezembro de 1942

Nos finais dos anos sessenta, Jarry colabora nas revistas Pilote, Le Soir Jeunesse e Spirou. Em 1970, cria para a revista Tintin a série Elodie d'Avray. Em 1978, após uma carreira no atletismo, onde é campeão belga de 400 metros por três vezes, publica para a editora Dupuis a série Les baroudeurs sans frontières (em Portugal a série tem o nome de Boy), dedicada aos problemas do Terceiro Mundo. Entre 1987 e 1993, publica para a Lombard dez álbuns da série Costa. Continuando na Lombard, em 1995, lança o volume Arkhane. No final do século XX, sob o pseudónimo Vinicius, Jarry dedica-se à BD erótica, enquanto desenha a história do clube belga Anderletch. Em 2007, regressa com a série L'Etoile du Sud, e em 2009 realiza Requiem for Malvina, com argumento da croata Lara Ferkovic.

Séries publicadas em Portugal:
Boy

One-shots publicados em Portugal:

  • O homem que podia explodir (L'homme qui pouvait exploser !), 1967, Jarry e Pierre Step, Mundo de Aventuras (2ª fase) #359
  • O palhaço de coração de ouro: Jerry Lewis (Un clown au grand cur), 1968, Jarry e Yves Duval, Nau Catrineta #380 a #383
  • O Cabo das Tormentas (Le Cap des Tourmentes), 1969, Jarry e Yves Duval, Mundo de Aventuras (2ª fase) #368
  • O homem que nunca riu (L'homme qui n'a jamais ri: Buster Keaton), 1969, Jarry e Yves Duval, Tintin #18/6º ano; Selecções do Mundo de Aventuras #237
  • Puskas (Allez Puskas!), 1969, Jarry e Pierre Step, Nau Catrineta #384 a #388
  • Sonja Henie: a rainha do gelo (La reine de la glace : Sonja Henie), 1970, Jarry e Yves Duval, Mundo de Aventuras (2ª fase) #491
  • Johnny Wayne: o rei do western (Le roi du western John Wayne), 1978, Mundo de Aventuras (2ª fase) #398
[actualizado em 19.04.2019]

Sem comentários:

Enviar um comentário