23 de maio de 2019

Lançamento de RENASCIDOS de Mark Millar e Greg Capullo

Já está em distribuição em bancas e livrarias especializadas (e chegará ao restante das livrarias durante os próximos dias) o mais recente lançamento da colecção da G. Floy Millarworld: RENASCIDOS, escrito por Mark Millar e ilustrado por Greg Capullo. Renascidos (Reborn, no original) foi um dos maiores sucessos comerciais de Millar nestes últimos anos (depois de Kick-Ass).

Quando morrerem não vão para o Céu... vêm para aqui..

Para onde vamos quando morremos? Bonnie Black é uma mulher velha e doente, que adormece todas as noites no seu quarto de hospital angustiada com a possibilidade de morrer sem saber o que a espera no além. Mas, depois de morrer, vai acordar num mundo de ficção científica como nunca tinha imaginado - um mundo mágico assolado por uma guerra eterna. O pai dela - e o cão que teve em criança - estão lá, e juntos, terão de partir numa viagem tremenda em busca do seu marido, assassinado há mais de uma década.

Mark Millar, o argumentista por trás de sucessos  como Kick-Ass ou Serviço Secreto, junta-se ao artista Greg Capullo, célebre pelo seu Batman, numa aventura de proporções épicas.

Mark Millar é o escritor de séries de comics aclamadas como Kick-Ass, Kingsman: Serviço Secreto, O Legado de Júpiter e O Círculo de Júpiter, Nemesis, etc.... Muitos destes livros já foram adaptados ao grande ecrã, e muitos outros estão em adaptação para o cinema, e depois da recente aquisição da Millarworld pela Netflix, para a televisão. O seu trabalho para a DC inclui o aclamado Superman: Red Son (em português Super-Homem: Herança Vermelha), e para a Marvel Comics criou The Ultimates (Os Supremos), Wolverine: Old Man Logan (Velho Logan) e Civil War (Guerra Civil) - a série de super-heróis mais vendida em quase duas décadas.

Greg Capullo é um dos mais aclamados artistas de banda desenhada da actualidade, em particular depois dos incríveis cinco anos que passou como artista principal na revista Batman, para a DC Comics (várias vezes best-seller do New York Times). O seu trabalho em Reborn foi também tremendamente aclamado pela crítica. Antes do seu período como desenhador do Batman, tinha-se tornado já famoso pelos oito anos como desenhador da revista Spawn, na Image Comics. É também criador de The Creech, um comic de terror, e produziu muita da arte para os visuais de World of Warcraft, da Blizzard Entertainment. Vale a pena acrescentar que Capullo é secundado neste livro por dois dos seus colaboradores habituais, que ajudam a assegurar a tremenda qualidade do seu trabalho: o arte-finalista Jonathan Glapion e o colorista FCO Plascencia.

Reborn/Renascidos está neste momento em adaptação para filme, com a actriz Sandra Bullock e o realizador Chris McKay (The Lego Movie) como produtores executivos. O filme tem estreia marcada para finais de 2019 ou inícios de 2020, e será um dos primeiros a adaptar uma história de Mark Millar para a Netflix.

RENASCIDOS é uma obra-prima. Misturando ficção científica e fantasia, Mark Millar e Greg Capullo servem-nos uma visão única da vida depois da morte, e provam que estão no topo da sua criatividade.”
comicsverse.com

Renascidos [reúne os números #1-#6 de Reborn], Mark Millar e Greg Capullo, G. Floy, 176 pp., cor, capa dura, 16€

Colecção Spirou e Fantásio por Franquin #5: O gorila e outras aventuras

A ASA e o Público continuam a colecção em epígrafe com o seu quinto volume intitulado "O gorila e outras aventuras". Todas as histórias deste volume têm o argumento e desenho de André Franquin.

Neste volume, Fantásio viaja com Spirou, Spip e o Marsupilami para África, para participar num safari fotográfico. O objectivo é observar gorilas que vivem nas encostas da montanha Kilimakali, ameaçados de extinção. Nas outras histórias curtas que compõem este álbum, os dois heróis vão de férias ao volante do seu super-automóvel ("Férias sem história"); são convidados a fazer uma palestra sobre os hábitos e comportamentos dos marsupilamis ("O ninho dos Marsupilamis"); e recebem a visita de um estranho cidadão japonês, o que os leva a enfrentarem um perigoso gangue ("A feira dos bandidos").

"O gorila" ("Le gorille a mauvaise mine") foi pré-publicado na revista Le Journal de Spirou em 1956 (#944 ao #966), sendo editado em álbum pela Dupuis em 1959 (11º da série). Em Portugal, a aventura estreia-se em 1976 em álbuns da Arcádia e do Círculo de Leitores, sendo reeditada em 2007 numa outra colecção da parceria Público/ASA. Em 1984, a revista Jornal da BD publica, num dos seus números especiais (#111), o episódio.

"Férias sem histórias" ("Vacances sans histoires") foi pré-publicado no Le Journal de Spirou em 1957/1958 (#1023 ao #1033). As dezanove pranchas do episódio foram acopladas à aventura "O gorila" num álbum da Dupuis de 1959.  Em Portugal, a aventura, intitulada de "Férias tranquilas", foi editada no álbum "O gorila" nos álbuns da Arcádia [1976], Círculo de Leitores [1982] e Público/ASA [2007]. O Jornal da BD em 1984 também publicou o episódio nos seus números #113, #114 e #115. 

"O ninho dos Marsupilamis" ("Le nid des marsupilamis"), o 12º álbum da série, foi publicado pela primeira vez em 1960. A aventura foi pré-publicada em 1956/1957 no Le Journal de Spirou (#969 a #961). Em Portugal, o episódio foi publicado em álbum pela Arcádia [1975], Círculo de Leitores [1975] e Meribérica-Líber [1982]. 

Finalmente, "A feira dos bandidos" ("La foire des gangsters") foi pré-publicada em 1958 no Le Journal de Spirou (#1034 ao #1045) e lançada no álbum "Le nid des marsupilamis" em 1960. Com uma colaboração de Jidéhem, o episódio, intitulado em Portugal de "A feira dos gangsters", foi publicado em todos os álbuns com o título "O ninho dos marsupilamis".

Colecção Spirou e Fantásio por Franquin #5: O gorila e outras aventuras, Franquin, ASA, 128 pp., capa dura, cor, 11,90€

22 de maio de 2019

Top das vendas de BD em França de 6 a 12 de Maio de 2019

1º lugar (=) [4ª semana]
Bug #2: Livre 2
Enki Bilal
CASTERMAN

2º lugar (+1) [2ª semana]
Les Bidochon #22: Les Bidochon relancent leur couple
Christian Binet
DARGAUD

3º lugar (+3) [18ª semana]
Bug #1: Livre 1
Enki Bilal
CASTERMAN

Darwin #2: A origem das espécies

A Gradiva continua a sua colecção de banda desenhada intitulada "Os descobridores" com o lançamento da segunda parte da biografia de Darwin, "A origem das espécies" ("L'origine des espèces", 2016).

1836. O HMS Beagle regressa a Inglaterra depois de passar cinco anos a dar a volta ao mundo. A bordo, Charles Darwin estudou cada planta, animal e mineral que encontrou. Ainda não o sabe, mas as suas observações vão mudar a face do mundo…

O livro foi hoje apresentado no átrio e Auditório José Mariano Gago, no Centro Ciência Viva, em Lisboa, no âmbito do Dia Internacional da Biodiversidade, onde haverá também lugar ao lançamento da segunda edição da primeira parte da biografia de Darwin ("A Bordo do Beagle”), entretanto esgotado.

Darwin #2: A origem das espécies, Christian Clot e Fabio Bono, Gradiva, 56 pp., cor, capa dura, 16,50€

Revistas da Marvel distribuidas em Portugal pela Panini Brasil em Maio



21 de maio de 2019

O colega de Sevilha - Uma aventura de Pitanga

Numa edição da Arcádia, Pitanga, a série de Arlindo Fagundes, regressa, dezasseis anos depois, com a aventura “O Colega de Sevilha". O álbum conta com a colorização de José Pedro Costa e será apresentado no Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja.

A acção de “O Colega de Sevilha” passa-se entre Tanger e o sul de Espanha, com o nosso herói a ver-se envolvido no transporte e tráfego de mão de obra clandestina para a Europa.

O Colega de Sevilha” é o terceiro álbum das aventuras de Pitanga (depois de “ La Chavalita” e de “A Rapariga do Poço da Morte”) e o primeiro a ser editado a cores (com a assinatura de José Pedro Costa).

Pitanga, que usa um quase interminável cachecol com bolas pretas, vive com Armando, o seu braço direito que, embora cego, vê muita coisa em que outros não reparam, sendo um pouco destravado a falar. Esta banda desenhada, criada por Arlindo Fagundes, evidencia um estilo e consistência narrativa muito originais, com predominância de um humor muito pessoal, aliado ao seu habitual e vigoroso traço negro.

Este terceiro álbum é também o primeiro pela editora Arcádia, sendo os outros anteriormente publicados pela Caminho.

O colega de Sevilha - Uma aventura de Pitanga, Arlindo Fagundes, Arcádia, 64 pp., cor, capa dura, 16.99€

20 de maio de 2019

Comic Heart - Ensaio de quadriculografia

Ficha técnica:
Estado: Activa (2014-)
Sede: Lisboa, Portugal

A Comic Heart é uma loja online especializada na venda de arte original de banda desenhada de autores nacionais.

Séries publicadas:
Hanuram

One-shots publicados:
[actualizado a 20.05.2019] 

Quarto de Jade - Ensaio de quadriculografia


Ficha técnica:
Estado: Activa (2011-)
Sede: Lisboa, Portugal
quartodejade.wordpress.com

Esta chancela editorial de Lisboa ganhou forma com a edição do livro Os Animais Domésticos, em 2011, logo após a edição de Electrodomésticos Classificados. A linha editorial da Quarto de Jade deriva da articulação entre a palavra e a imagem. Nesse sentido tem realizado as suas edições em duas vertentes: O livro como objecto e a  narrativa gráfica, sendo que ambas as abordagens emergem de um sentido poético.

One-shots publicados:
  • Os labirintos de água, Diniz Conefrey [2013] 
  • O livro dos dias, Diniz Conefrey [2014]
  • Equinócio, Diniz Conefrey [2015]
  • Meteorologias, Diniz Conefrey [2016]
  • Nagual, Diniz Conefrey [2017]
  • Planície pintada, Maria João Worm e Diniz Conefrey [2019]
[actualizado em 20.05.2019]

Nuvem de Letras - Ensaio de quadriculografia

Ficha técnica:
Estado: Activa (2015-)
Chancela editorial da Penguin Random House Grupo Editorial
Sede: Lisboa, Portugal

A Penguin Random House Grupo Editorial é a divisão, em língua espanhola e portuguesa, do grupo editorial internacional Penguin Random House, fundada em 2013 após a fusão da Random House com a Penguin.
Em 2015, é criada a chancela Nuvem de Letras, dedicada a edições para um público mais jovem.
Relativamente a edições de banda desenhada, a Nuvem de Letras estreia-se com publicação da série Poptropica em 2016, baseada no videojogo homónimo. Em 2018, inicia a edição da série de tiras diárias humorísticas Bia e o Unicórnio de Dana Simpson.

Séries publicadas em Portugal:
Bia e o Unicórnio, Poptropica

[actualizado em 20.05.2019]

19 de maio de 2019

Planeta - Ensaio de quadriculografia

Ficha técnica:
Estado: Activa
Sede: Rua do Loreto, nº16, 1º Dtº
1200-242
Lisboa Portugal
Link: http://www.planeta.pt

A Planeta é uma editora do Grupo Planeta, um dos maiores grupos de comunicação do mundo, com sede em Barcelona. Líder no sector editorial em Espanha, França e América Latina, o Grupo Planeta conta actualmente com mais de 100 chancelas editoriais e mais de 15 000 autores, entre clássicos e contemporâneos, sendo uma marca incontornável no universo da edição. Em Portugal desde Fevereiro de 2009, a Planeta surgiu com o objectivo de ser uma editora de referência não só pela diversidade do seu catálogo como pela inovação impressa no seu projecto editorial.

Séries publicadas em Portugal:
Crónicas de Gelo e de Fogo, Darth Vader, Geronimo Stilton, Guerra dos Tronos (A), Star Wars, Tea Stilton

One-shots publicados em Portugal:
  • O resgate dos monges zombies, David Norgren, Elias Norgren e Cara J. Stevens [2017]
  • Creepshow, Bernie Wrightson e Stephen King [2019]
[actualizado em 19.05.2019]

Porto Editora - Ensaio de quadriculografia

Ficha técnica:
Estado: Activa
www.portoeditora.pt

A Porto Editora distingue-se pelo rigor científico e pedagógico e pela superior qualidade editorial. Desde a sua fundação, em 1944, que a empresa se dedica à publicação de livros e outros produtos direccionados para as áreas da Educação e Referência.
Os dicionários destacam-se de entre um vasto número de edições nos mais diversos ramos do conhecimento científico, constituindo desde sempre um dos casos de sucesso da Porto Editora.
Mais recentemente, a editora tem-se destacado com igual sucesso nas edições multimédia, online e offline, oferecendo produtos como a Infopedia.pt (a maior base de conteúdos educativos e culturais em Língua Portuguesa), a Escola Virtual (primeira plataforma de e-learning direccionada para os ensinos Básico e Secundário), a Webboom.pt (uma livraria virtual, lançada em 1999, com dezenas de milhares de clientes registados de todos os cantos do mundo) e ainda a Diciopédia, um produto multimédia lançado em 1997, actualizado todos os anos, com o qual lidera em Portugal a produção de conteúdos educativos e culturais em suporte digital.
A importância do seu trabalho é reconhecida quer por professores e demais comunidade académica e científica, quer por alunos e público em geral. Ciente da responsabilidade social que daí advém, e enquanto principal editora escolar, a Porto Editora é parceira privilegiada com os diferentes agentes que se dedicam à investigação e ao estudo nas várias áreas do conhecimento, o que se reflecte no seu vasto catálogo editorial.
Entretanto, a Porto Editora decidiu alargar o seu catálogo para outras áreas, com particular atenção para a ficção, tornando ainda mais abrangente o seu trabalho editorial, que inclui as publicações escolares e para-escolares (do ensino pré-escolar ao ensino superior, também com incidência nos PALOP), passando pela literatura infantil-juvenil, pela área da multimédia online e offline e pelo comércio electrónico.
A editora percence ao grupo empresarial Porto Editora, constituído pela Porto Editora, Areal Editores, Raiz Editora, Assírio & Alvim, Sextante, Livros do Brasil, Coolbooks, Ideias de Ler, Albatroz, 5 Sentidos, Wook, Escola Virtual, Infopédia, Plural Moçambique, Plural Angola, Plural Timor-Leste e Bloco Gráfico. Em 2010, o grupo adquiriu o Grupo Bertrand Círculo, com as chancelas ArtePlural, Bertrand, Contraponto, Gestão Plus, Pergaminho, Quetzal Editores, 11×17, Círculo de Leitores e Temas e Debates.

Séries publicadas em Portugal:
Mauzões (Os)

One-shots publicados em Portugal:
  • A ilha do tesouro, Jesus Duran [1980]
  • Portugal - Oito séculos em banda desenhada, José Morim e Maria Conceição Fernandes [1994]
  • A viagem do elefante - Baseado no romance de José Saramago, João Amaral [2014]
  • O diário de Anne Frank, David Polonski e Ari Colman  [2017]
  • O velho e o mar (Le viei homme et la mer), Thierry Murat [2018]
  • Sabrina, Dick Drnaso [2019]
  • O primeiro homem (Le premier homme), Jacques Ferrandez [2019]
[actualizado em 19.05.2019]


Tokyo Ghoul:re #1

Uma sequela de Tokyo Ghoul de Sui Ishida. Os “Quinx” são a nova arma experimental da Comissão Anti-Ghoul, criada para lutar contra a ameaça dos ghouls. Conseguirá o inspetor de 1ª Classe Sasaki Haise liderar este grupo de seres invulgares?!

Tokyo Ghoul:re #1, Sui Ishida, Devir, 196 pp., p&b, capa flexível, 9,99€

18 de maio de 2019

The Promised Neverland #1: A Casa de Grace Field

A Devir inicia mais uma série de mangá. Desta feita, trata-se de The Promised Neverland de Kaiu Shirai e Posuka Demizu.

Emma, Norman  e Ray vivem felizes na Casa de Grace Fields. Mas quando descobrem a verdade por trás deste mundo confortável, estes dias calmos chegam abruptamente ao fim.

The Promised Neverland #1: A Casa de Grace Field, Kaiu Shirai e Posuka Demizu, Devir, 220 pp., p&b, capa flexível, 9,99€

17 de maio de 2019

Tony Chu, Detective Canibal - Ensaio de quadriculografia portuguesa

Ficha técnica:
Humorístico
Chew
(EUA) Chew, 3 de Junho de 2009 - 23 de Novembro de 2016
John Layman (argumento) e Rob Guillory (desenhos)
Estreia em Portugal: Álbum G. Floy Studio, 2014

Tony Chu é um detective com um segredo. Um segredo muito estranho. Tony Chu é cibopático, o que significa que consegue sentir impressões psíquicas daquilo que come. Mas também significa que é um detective absolutamente fantástico… Desde que não se importe de mordiscar o corpo das vítimas de homicídio para perceber como e por quem elas foram assassinadas.

Quadriculografia portuguesa:
  1. Ao gosto do freguês [2014]
  2. Sabor internacional [2015]
  3. Enfarda brutos [2015]
  4. Sopa de letras [2016]
  5. Fome de vencer [2016]
  6. Bolos danados [2017]
  7. Maçãs podres [2017]
  8. Receitas de família [2018]
  9. Granda frango [2018]
  10. Galo de cabidela [2019]
[actualizado em 17.05.2019]

Boletim do Clube Português de Banda Desenhada #148

Chegou-me o número 148, datado de Março de 2019, do Boletim, órgão oficial do Clube Português de Banda Desenhada.  

O sumário deste número contêm as biografias de dois ilustres personagens da banda desenhada portuguesa que recentemente nos abandonaram, Jorge Magalhães e Geraldes Lino e uma reportagem sobre a inauguração da fanzineteca Geraldes Lino na Amadora. Neste número é recuperado um artigo de Jorge Magalhães ("As madrugadas do futuro") sobre a BD de ficção científica publicada nas revistas portuguesas. A terminar, um episódio de Buck Rogers, "A trama dos terramotos da Califórnia", desenhada por Murphy Anderson.

Boletim do Clube Português de Banda Desenhada #148, Março de 2019, 52 pp., reservado aos sócios

Assassination Classroom#15: Hora da Tempestade

A Devir lançou o 15º volume da série de mangá Assassiation Classroom de Yusei Matsui

Neste volume, revela-se o segredo dos métodos pouco pedagógicos do diretor Asano e a história da origem de Korosensei. Ficarão os estudantes mais motivados para assassinar o professor depois de conhecerem a sua verdadeira identidade?

Assassination Classroom #15: Hora da tempestade, Yusei Matsui, Devir, 186 pp., p&b, capa flexível, 9,99€

16 de maio de 2019

Les Cahiers de la BD #7

Provavelmente, a melhor revista francesa na actualidade de estudos sobre a chamada nona arte, o sétimo número desta revista trimestral tem como tema central o romance gráfico na banda desenhada. De realçar igualmente os seguintes artigos:
  • Interview Ethylique : Ruppert & Mulot
  • Exposition : Futuropolis au musée de la BD
  • Erotisme : romans noirs et romance comics
  • Monographie : Posy Simmonds, une vie littéraire

Les Cahiers de la BD #7, avril-juin 2019, 196 pp., 12,50€

Colecção Spirou e Fantasio de Franquin #4

Já está disponível mais um volume da colecção em epígrafe, que conta com mais dois episódios da série com desenho de André Franquin

O Refúgio da Moreia

Le Repaire de la Murène foi publicado pela primeira vez na revista belga Le Journal de Spirou (#871 ao #904) em 1954/1955, sendo editado em álbum pela Dupuis (o nono da série) em 1957. Em Portugal, a aventura foi publicada em álbum pela Arcádia e pelo Círculo de Leitores em Março de 1975, reeditado pela Meribérica-Líber em Novembro de 1990. 

Nesta aventura, graças ao talento do Conde de Champignac, que constrói um escafandro especial e um pequeno submarino, Spirou e Fantásio inscrevem-se num concurso que desafia os participantes a mergulharem a mais de 200 metros de profundidade. Só que as intenções do promotor do concurso estavam longe de ser as melhores…

Os Piratas do Silêncio

Des pirates du silence tem argumento de Maurice Rosy e foi pré-publicada no Le Journal de Spirou (#916 ao #940) em 1955/1956. A aventura é o 10.º álbum da série e foi publicado pela Dupuis em 1958. Em Portugal, a aventura estreou-se em álbum pela Arcádia em Dezembro de 1978 e foi reeditada numa outra colecção da série da parceria Público/ASA em Março de 2007. 

Neste episódio, o jornal Le Moustique decide enviar Fantásio a Incógnito City, uma cidade para milionários muito especial, onde é proibido fazer fotografias e os jornalistas são rigorosamente
controlados...

Colecção Spirou e Fantásio de Franquin #4: O Refúgio da Moreia / Os Piratas do Silêncio, Franquin e Rosy, ASA, 112 pp., capa dura, cor, 11,90€

Batman: Cavaleiro Branco

A Levoir lança hoje em banca o volume Batman: Cavaleiro Branco, que faz parte do novo selo Black Label da DC e começou a ser publicado nos EUA em 2017, tendo sido aclamado pelo público e pela crítica especializada.

Após uma perseguição pela cidade, Batman está obcecado em capturar o Joker, e é provocado ao ponto de lhe bater e continuar batendo até o Príncipe Palhaço das Trevas perder a consciência e parar de respirar. Tudo isto acontece na presença de Robin, Batgirl, toda a polícia e com câmaras filmando. Completamente fora de si, Batman ainda lhe despeja um remédio desconhecido pela garganta abaixo.
Será que Batman passou dos limites?
Ao recuperar, Joker deixa de existir, a sua loucura simplesmente desapareceu, agora ele é Jack Napier. A imprensa está delirante, há tanta coisa a acontecer na cidade de Gotham.
Jack Napier, agora completamente são, é o novo justiceiro da cidade e leva à tona todos os problemas de Gotham City, incluindo ter como cúmplice o vigilante, favorecimento dos mais ricos, desrespeito com os mais pobres, corrupção; diz também ter sido usado por outros como bode expiatório, como por exemplo, na criação do Asilo Arkham.
Sean Murphy apresenta-nos uma cidade virada do avesso com uma grande quantidade de heróis e vilões. Quem é quem nesta história? Batman e Joker, qual o herói e qual o vilão?
Descubra-o na leitura desta história arrebatadora.

Batman: Cavaleiro Branco, Sean Murphy, Levoir, 232 pp., cor, 25,90€

15 de maio de 2019

Top das vendas de BD em França de 29 de Abril a 5 de Maio de 2019

1º lugar (=) [3ª semana]
Bug #2: Livre 2
Enki Bilal
CASTERMAN

2º lugar (=) [5ª semana]
Titeuf #16: Petite poésie des saisons
Zep
GLÉNAT

3º lugar (novo)
Les Bidochon #22: Les Bidochon relancent leur couple
Christian Binet
AUDIE/FLUIDE GLACIAL

Lazarus #1

Lazarus de Michael Lark e Greg Rucka é a nova série da Devir.

Eis o resumo da editora:
O MUNDO está agora dividido não por fronteiras políticas ou geográficas, mas sim financeiras. Riqueza é poder e esse poder reside unicamente nas mãos de um pequeno número de FAMÍLIAS. Os poucos que fornecem serviços à FAMÍLIA, que os governa, são bem tratados. Todos os outros são DESPERDÍCIO.
Em cada Família há uma pessoa a quem é dado tudo o que de melhor a Família pode oferecer: treino, tecnologia, equipamento, toda e qualquer vantagem científica. Essa pessoa torna-se a espada e o escudo da Família, o seu protetor, o seu LAZARUS. O Lazarus da Família Carlyle é uma rapariga chamada Forever.
Esta é a sua história.

Lazarus #1, Michael Lark e Greg Rucka, Devir, 104 pp., cor, capa flexível, 9,99€


14 de maio de 2019

Miss Marple - Um cadáver na biblioteca

Mais uma adaptação de uma obra policial da britânica Agatha Christie editada pela Arte de Autor. "Un cadavre dans la bibliothéque", lançado em Novembro de 2017, foi adaptado à banda desenhada pelo suíço Dominique Ziegler e desenhado pelo francês Olivier Dauger. 

O cadáver estrangulado de uma mulher desconhecida é descoberto ao princípio da manhã sobre o tapete da biblioteca da residência do coronel Arthur Bantry e da sua esposa Dorothy. Esta apela de imediato ao bom senso da sua amiga Jane Marple para desemaranhar uma meada ainda mais complicada do que parecia à primeira vista.

Agatha Christie (1890-1976) conhece o sucesso desde o seu primeiro romance de mistério, O Misterioso Caso de Styles. Foi designada como a «duquesa da morte» e escreveu sessenta e seis romances, e uma centena de novelas que foram traduzidas numa centena de línguas e venderam até hoje mais de dois milhões de exemplares em todo o mundo.

Miss Marple - Um cadáver na biblioteca, Olivier Dauger e Dominique Ziegler, Arte de Autor, 64 pp., cor, capa dura, 16,50€

13 de maio de 2019

OUTCAST volume 5: O Novo Caminho / Invasão

Já está em bancas e chegará em breve a livrarias, o penúltimo volume da série de Robert Kirkman (com arte de Paul Azaceta) Outcast

Os acontecimentos vão suceder-se a um ritmo tremendo, e muitas surpresas aguardam Kyle Barnes, que começa a descobrir a fonte verdadeira do seu poder sobre o adversário... e que vai ter de enfrentar algo para o qual já não estava preparado: a esperança! Com novos aliados, e muitos inimigos, começa guerra contra as forças demoníacas que infestam Rome, na Virgínia Ocidental. O penúltimo volume (agora em formato duplo) de uma das mais inquietantes e viscerais séries de terror da banda desenhada actual.

Robert Kirkman é um dos mais influentes criadores de comics actual, e um dos cinco partners da Image - o único que não é um dos fundadores. Kirkman é mundialmente famoso pela série The Walking Dead. Paul Azaceta, o desenhador de Outcast, é um artista cujo estilo simples, directo e arrojado, já ilustrou séries como Demolidor, Punisher Noir, Homem-Aranha e outras. O trabalho de Azaceta pode também ser visto no excelente romance policial noir Potter’s Field: O Cemitério dos Esquecidos (com argumento de Mark Waid), também editado pela G. Floy. E todos os contrastes fortes do desenho de Azaceta são tremendamente realçados pelas cores magníficas de Elizabeth Breitweiser, talvez uma das melhores coloristas da actualidade, que consegue gerar um ambiente ao mesmo tempo inquietante e sinistro, mas sem cair em tons sempre escuros.

A série aproxima-se da sua recta final. Para este final, a G. Floy optou por lançar volumes duplos, que recolhem dois trades originais num só livro, desta feita juntando os volumes 5 (A New Path) e 6 (Invasion). A série terminará no número 48, neste momento nos EUA já saiu o #42, ou seja, a série original está a um trade do final. O volume 6 da edição portuguesa (correspondente aos volumes 7 e 8 da edição americana original) está programado para inícios de 2020. A série acabará nos EUA no Natal.

Outcast #5: O Novo Caminho / Invasão [reúne os #25 a #36 da série original de Outcast (correspondentes aos volumes 5 e 6: The New Path e Invasion)], Paul Azaceta e Robert Kirkman, 248 pp., cor, capa dura, 24€


Revistas da Turma da Mónica distribuídas pela Panini Brasil em Portugal








Kingpin Books - Ensaio de quadriculografia

Ficha técnica:
Estado: Activa
Chancela editorial de Mário Miguel de Freitas – Livraria de BD, Unipessoal, Lda.
Morada: Av. Almirante Reis, Lisboa

A Kingpin of Comics abre em 1999 como loja online especializada em comics norte-americanos. Em 2002, é inaugurado um espaço físico.

Em 2006, inicia a edição de álbuns de BD de autores portugueses e, em 2008, nasce a Kingpin Books.

Séries publicadas:
Agentes do C.A.O.S., Caos, Fórmula da Felicidade (A), Super Pig

One-shots publicados:
  • TX Comics, vários autores [2009]
  • Mucha, Osvaldo Medina e David Soares [2009]
  • Off-Road, Sean Murphy [2010]
  • O pequeno deus cego, Pedro Serpa e David Soares [2011]
  • O baile, Joana Afonso e Nuno Soares [2012] [2015]
  • Vamos aprender o moral da história!, Carlos Rocha e Alda Teixeira [2013]
  • Palmas para o esquilo, Pedro Serpa e David Soares [2013]
  • Crumbs - An anthology of delicious comics by portuguese toast makers, vários autores [2014]
  • Hawk, Osvaldo Medina e André Oliveira [2014]
  • Safe Place, André Pereira e Paul Almeida [2014]
  • O espírito do dragão, Alda Teixeira e Carlos Rocha [2014]
  • As serpentes da água, Tony Sandoval [2014]
  • Sepultura dos pais, André Coelho e David Soares [2014]
  • Eu mato gigantes, Ken Nilmura e Joe Kelly [2014]
  • Vil - O fado do assassino, Xico Santos e André Oliveira [2015]
  • Solomon, Carlos Pedro [2015]
  • Fósseis das almas belas, Mário Freitas e Sérgio Marques [2015]
  • Kong the King, Osvaldo Medina [2015]
  • O poema morre, Sónia Oliveira e David Soares [2015]
  • Salomão - Royal Edition, Carlos Pedro [2015]
  • Vil - A tragédia de Diogo Alves, Xico Santos e André Oliveira [2015]
  • Casulo, vários autores [2015]
  • Mil tormentas, Tony Sandoval [2015]
  • O incrível tarantantan de Balbino o esfutricador!, Pedro Carvalho e André Oliveira [2016]
  • Rendez-vous em Phoenix, Tony Sandoval [2016]
  • Aventuras na ilha do tesouro, Pedro Cobiaço [2017]
  • A sereia de Mongaguá, Thiago Martins e Marcos Marques [2017]
  • Jardim de inverno (Le jardin d'hiver), 2009, Grazia La Padula e Renaud Dillies [2017]
  • Pétalas, Gustavo Borges [2017]
  • Nocturno, Tony Sandoval [2017]
  • Ecos invisíveis (Les hechos invisibles), 2011, Grazia La Padula e Tony Sandoval [2017]
  • O elixir da eterna juventude - Uma dança no mundo de Sérgio Godinho, Osvaldo Medina e Fernando Dordio [2017] 
  • Dodô, Felipe Nunes [2017]
  • Man Plus, André Lima Araújo [2018]
  • O outro lado de Z, Joana Mosi e Nuno Duarte [2019]
[actualizado em 13.05.2019]



12 de maio de 2019

Les Amis de Hergé #67

Como sócio da associação tintinófila Les Amis de Hergé, chegou-me a revista homónima referente à Primavera de 2019. Neste número, destaco:

  • L' ére des lampion: une vision initiatique de l'oeuvre d'Hergé
  • À la découverte des fresques du château Kropow
  • Quick et Flupke et leurs lecteurs
Les Amis de Hergé #67, printemps 2019, 60 pp.  

Lançamento de The Wicked + The Divine vol. 3

O terceiro volume de The Wicked + The Divine: Suicídio Comercial, está em bancas desde dia 30 de Abril. Este volume faz uma pausa na narrativa e explora o passado das principais divindades-tornadas-estrelas-pop que são os protagonistas desta série, para além de fazer também algumas revelações importantes. Cada capítulo foca uma personagem, o seu passado e motivações, e é desenhado por um artista diferente.
Não é por seres imortal que vais viver para sempre...

A cada noventa anos, doze deuses aceitam reencarnar em forma humana. São carismáticos. São amados. São odiados. E morrem passados dois anos. E está tudo a acontecer agora. A acontecer de novo. Depois dos acontecimentos quase cataclísmicos que atingiram os deuses-estrelas-pop, estes têm de se refugiar nas sombras para evitar que os seus segredos se dispersem pelo mundo. Mas os leitores descobrirão esses segredos pelas mãos dos criadores da série, Kieron Gillen e Jamie McKelvie, acompanhados neste volume por um elenco fabuloso de artistas convidados.

A série continua da única maneira que sabe continuar: mais negra, mais estranha, mais rápida. Mas não se preocupem. Vai ficar tudo bem.

The Wicked + The Divine é uma das mais fascinantes séries independentes dos comics actuais, e uma das mais populares. Criada pelo escritor Kieron Gillen, tornou-se num fenómeno de vendas nos EUA. Neste volume, Gillen é secundado por um grupo estonteante de artistas, um para cada capítulo do volume, cada um dos quais se foca numa das divindades do Panteão e nos revela alguns dos segredos e das motivações por trás das suas personalidades e passados. O estilo de cada artista complementa a divindade cujo passado se explora, com o talento de Matthew Wilson, Kate Brown, Tula Lotay, Stephanie Hans, Leila Del Luca e Brandon Graham a criar uma paleta de cores, explosões, fugas e conspirações e combates, que irão surpreender o leitor, especialmente com a revelação final de quem matou Lúcifer e o juiz no primeiro volume. Agora estamos prontos para o volume quatro, onde se encerra o primeiro grande arco de história da série: Estará Perséfone viva? Mais importante, estará viva por mais de uma noite? Quem será o vilão, e que deuses estarão com ele e contra ele?

Adoro a maneira como o Kieron Gillen está lentamente a preparar aquilo que parece ser um confronto inevitável entre o Panteão e Ananke, cujas motivações continuam a ser satisfatoriamente obscuras.”
Andre Habet, Comic Bastards

The Wicked + The Divine ganhou o Prémio de Melhor Comic nos British Comic Awards de 2014, e foi nomeada para três Prémios Eisner em 2015, Melhor Nova Série, Melhor Capa e Melhores Cores, em 2018 para Melhor Série, e em 2019 para Melhores Cores.

O volume 4, Crescendo de Acção, está programado para Setembro.

The Wicked + The Divine vol. 3: Suicídio Comercial [reúne os #12-17 da série original de The Wicked + The Divine], G. Floy, 192 pp., cor, capa dura, 17€

10 de maio de 2019

Casemate #125

O número de Maio da revista francesa Casemate está nas bancas portuguesas. Anote o sumário deste número:

P.4-6 Binet confronte ses Bidochon aux sex-toys !
P.8-11 Prise d’otage au fort de Brégançon avec Bourhis
P.12-14 Mourier passe de la petite à la grande Mort
P.16-17 Journorama, revue de presse de l’actu BD
P.18-23 Liberty Bessie installe une Afro-Américaine dans un cockpit (+4 planches)
P.24-29 Sherlock Holmes nous invite à l’intérieur de sa tête (+4 planches)
P.30-35 Partie de chasse hors-norme pour le comte Zaroff (+4 planches)
P.36-41 Seize ans après, clap de fin pour L’Histoire de Siloë (+4 planches)

Cahier spécial Les Voyages de Jules • 32 pages
Après les voyages d’Anna, puis d’Ulysse, Emmanuel Lepage, Sophie Michel et René Follet s’intéressent à ceux de Jules et mettent en scène une poignante correspondance (+20 planches commentées).

P.43-52 Une sélection de 36 BD à découvrir en mai
P.53-57 Agenda : les 298 sorties de mai, les festivals et les expos
P.58-63 Rochette organise un duel au sommet, entre loup et berger (+4 planches)
P.64-69 La légende Sergio Leone, racontée sans fard par Simsolo (+4 planches)
P.70-75 Camp Poutine ? De chouettes vacances kalach en main (+4 planches)
P.76-79 Mariscal s’émerveille dans la tentaculaire Los Angeles (+4 planches)
P.80-81 Bonneau se ressource dans la forêt de Davaine
P.82 Le courrier du mois à la loupe

Casemate #125, mai 2019, 114 pp., 7,50€

Revistas da Marvel distribuídas pela Panini Brasil em Portugal