4 de maio de 2018

Fernando Bento - Ensaio de quadriculografia portuguesa

Argumentista, Desenhador
(Portugal) Lisboa, 26 de Outubro de 1910 - 14 de Setembro de 1996

Aos 12 anos publica os seus primeiros desenhos no jornal O Desportivo, publicação do Liceu Camões. Aos 19 anos tira um curso de desenho por correspondência da École ABC du Dessin.
Na década de 30 trabalha no teatro de revista fazendo cartazes, cenários e figurinos. Apesar de também ter trabalhado em publicidade e ter-se iniciado na pintura, trabalha como empregado comercial na empresa BP.
No jornal Os Sports fez desenhos de ciclistas e no Diário de Lisboa de actores.
É em 1938 que se inicia na banda desenhada no suplemento infantil do jornal República. Em 1941 transfere-se para o Pim-Pam-Pum, suplemento de O Século.
Entre 1941 e 1951 está ligado à revista Diabrete, dirigida por Adolfo Simões Müller. Aí publica algumas séries cómicas, como por exemplo, Béquinhas, Beiçudo & Barbaças e Diabruras da Prima Zuca. Mais tarde, já em 1961, colabora na revista Foguetão, dirigida pelo mesmo.
Fernando Bento publicou o seu primeiro álbum em 1948 com o titulo A Última História de Xerazade, tratando-se de uma adaptação feita por Adolfo Simões Müller ao livro As Mil e Uma Noites.
Os seus trabalhos no Diabrete abrangem séries cómicas, mas também desenha histórias realistas, como as adaptações de obras de Júlio Verne (A Ilha Misteriosa ou Matias Sandorf) ou de Robert Louis Stevenson (A Ilha do Tesouro). Adapta ainda As Minas de Salomão de Henry Rider Haggard, As Mil e Uma Noites e as biografias de Luís de Camões, Nuno Álvares Pereira, Serpa Pinto e outros vultos da História portuguesa.
Em 1952 Fernando Bento inicia a sua participação no Cavaleiro Andante, sucessor do Diabrete também dirigido por Müller, com um magnífica adaptação de Beau Geste, o romanesco clássico sobre a Legião Estrangeira de Percival Cristopher Wren. Este seu trabalho viria a ser publicado na Bélgica em língua flamenga.
Muitas outras histórias se seguiram para o Cavaleiro Andante, como O Mistério do Tibet, O Anel da Rainha de Sabá de Rider Haggard, Quentin Durward de Walter Scott, A Torre das Sete Luzes ou A Jóia do Vice-Rei. Adapta algumas aventuras de Sherlock Holmes e os clássicos juvenis do alemão Erich Kästner, Emílio e os Detectives e Emílio e os Três Gémeos. Em 1962, com o fim desta revista, há uma pausa na actividade de Fernando Bento na banda desenhada.
Em 1973, após onze anos de pausa, publicou no jornal A Capital uma nova história de banda desenhada chamada Um Campeão Chamado Joaquim Agostinho.
Fernando Bento ilustra também vários livros como O Mistérios dos Cães Desaparecidos, de Ana Meireles, ou manuais escolares de inglês e francês.
Em 1993 publica em álbum, com argumento de Jorge Magalhães, o primeiro volume de Regresso à Ilha do Tesouro de H. A. Calahan. A segunda parte da história ficou com algumas páginas por colorir devido à sua morte e foi publicada na revista Selecções BD em 1999 e 2000. Fica por realizar a terceira parte da história.
A sua última participação na banda desenhada, consiste em desenhar duas pranchas para uma obra colectiva, Maria Jornalista, publicada no Notícias Magazine do Jornal de Notícias e do Diário de Notícias em Janeiro de 1994.


One-shots publicados em Portugal
  • Bolas de sabão, 1941, Diabrete #1 a #15
  • O voo do Equador, 1941, Diabrete #1 a #22
  • Bequinhas, Beiçudo e Barbaças [gag], 1941, Diabrete #1 a #261; Álbum Emecê [1995]
  • O príncipe o pobre, 1941, Diabrete #5 a #33
  • Toomai dos elefantes, 1941, Diabrete #5 a #14
  • O tesouro do tio Baeta, 1941, Diabrete #5 a #47
  • Kokabichinhos detective, 1941, Diabrete #5 a #19
  • O cavaleiro misterioso, 1941, Pim-Pam-Pum #805 a #808
  • A volta ao mundo por Pim-Pam-Pum, 1941, Pim-Pam-Pum #809 a #833
  • 2 anos de férias, 1941, Diabrete #34 a #74
  • A lenda do coelhinho branco, 1942, Pim-Pam-Pum #834
  • O navio fantasma, 1942, Pim-Pam-Pum #843
  • Zé Quitolas [gag], 1942, Diabrete #70 a #150
  • A volta ao mundo em 80 dias, 1942, Diabrete #76 a #100 
  • Histórias da nossa História, 1942, Diabrete #80 a #166
  • As férias de Pim-Pam-Pum, 1942, Pim-Pam-Pum #861 a #866
  • O cisne do lago de ouro, 1942, Pim-Pam-Pum #870 a #898
  • Miguel Strogoff, 1942, Diabrete #101 a #148
  • Fortunato "O pouca sorte" [gag], 1943, Notícias Agrícola #515 a #547
  • O mistério da floresta das serpentes, 1943, Pim-Pam-Pum #902 a #908
  • Reflexos do Oriente, 1943, Pim-Pam-Pum #909 a #920
  • Robur, o conquistador, 1943, Diabrete 139 a #161
  • O filho perdido, 1943, Maria Amélia Bárcia (arg.), Pim-Pam-Pum #925 a #937
  • Viagem ao centro da Terra, 1944, Diabrete #187 a #216
  • A caverna de Bural, 1944, Pim-Pam-Pum #964 a #875
  • Diabruras da prima Zuca, 1944, Diabrete #200 a #262 [irregular]; Álbum Baleiazul [1998]
  • Da Terra à Lua, 1945, Diabrete #217 a #256
  • Um herói de 15 anos, 1945, Diabrete #257 a #311
  • A pérola cor de fogo, 1945, Diabrete #260 a #309
  • 34 macacos e eu!, 1946, Diabrete #311 a #348; Álbum Clube Português de Banda Desenhada [2001]
  • 5 semanas em balão, 1946, Diabrete #312 a #356
  • Vinte mil léguas submarinas, 1946, Diabrete #357 a #415
  • A ilha do tesoiro, 1947, Diabrete #377 a #408; Álbum Iniciativas Culturais [1977]; Álbum ASA [1991]
  • A ilha misteriosa, 1947, Diabrete #417 a #510; Boletim do Clube Português de Banda Desenhada #104 a #106
  • Bicudo e companhia [gag], 1947, Diabrete #430 a #450
  • As mil e uma noites, 1948, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #490 a #554; Quadradinhos [3ª série] #36 a #63; Cadernos da BD [2ª série] #7; Álbum ASA [1990]
  • Matias Sandorf, 1948, Diabrete #512 a #644 
  • O soldadinho de chumbo, 1948, Diabrete #556 a #560; Nau Catrineta #597 a #600
  • A gata borralheira, 1948, Diabrete #561 a #571
  • A maravilhosa história dos Evangelhos, 1948, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #572 a #605
  • A última noite de Xerazade, 1948, Adolfo Simões Muller (arg.), Álbum ?
  • Branca de Neve e os 7 anões, 1949, Diabrete #578 a #594
  • O príncipe feliz, 1949, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #595 a #604
  • O tamborzinho, 1949, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #608 a #617
  • A menina do capuchinho vermelho, 1949, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #618 a #624
  • A desobediência, 1949, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #625 a #634
  • O patinho feio, 1949, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #635 a #645
  • O pagem do rei, 1949, Diabrete #645 a #712
  • As aventuras do anãozinho Muck, 1949, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #646 a #664
  • O romance de ouro, 1949, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #667 a #689
  • Palonça da Conceição [gag], 1949, Norte Infantil #1 a #23 [irregular]
  • A Lili espevitada [gag], 1949, Norte Infantil #2 a #10 [irregular]
  • A caravana de socorro, 1949, Pim-Pam-Pum #1238 a #1244
  • História da luz, 1950, Diabrete #690 a #700
  • As Grandes Figuras de Portugal: Camões, 1950, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #702 a #730; Álbum "Com a pena e com a espada", Editorial Futura [1983]
  • Perseguição sobre a neve, 1950, Pim-Pam-Pum #1252 a #1255 
  • As minas de Salomão, 1950, Diabrete #716 a #817 
  • As Grandes Figuras de Portugal: Nuno Álvares Pereira, 1950, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #733 a #785
  • A vida aventurosa de Serpa Pinto, 1951, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #787 a #842; Jornal O Templário de 20.04.1979 a 03.08.1979 [incompleta]; Mundo de Aventuras [2ª fase] #327 a #331; Álbum Instituto da Juventude de Viseu [1992]
  • A montanha do fim do mundo, 1951, Diabrete #818 a #887; Cadernos Sobreda BD #18
  • A epopeia de Afonso de Albuquerque, 1951, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #843 a #865; Álbum "Com a pena e com a espada", Editorial Futura [1983]
  • Um grande feito, 1951, Diabrete #868 a #870
  • São João de Brito, 1951, Adolfo Simões Muller (arg.), Diabrete #872 a #886
  • Beau Geste, 1952, Cavaleiro Andante #1 a #52; Álbum Editorial Futura [1982]
  • As grandes viagens dos portugueses - O mistério do Tibet, 1952, Cavaleiro Andante #1 a #19; Cadernos Sobreda BD #1
  • História do homem que contava histórias, 1952, Cavaleiro Andante #25
  • Revolta na Jamaica, 1952, Manuel Alfredo (arg.), Cavaleiro Andante #25 a #47
  • O anel da rainha de Sabá, 1953, Cavaleiro Andante #54 a #102; Quadradinhos [3ª série] #72 a #93; Álbum Editorial Futura [1988]
  • A torre das 7 luzes, 1953, Cavaleiro Andante #84 a #109
  • Quintino Durward, 1954, Manuel Alfredo (arg.), Cavaleiro Andante #110 a #169
  • A abóboda, 1955, Cavaleiro Andante #177; Mundo de Aventuras [2ª fase] #339
  • Chaimite, 1955, Maria Amélia Márcia (arg.), Cavaleiro Andante #182
  • Fernando é bom polícia, 1955, Pim-Pam-Pum #1525 a #1536
  • O homem que deu a volta ao mundo, 1955, Manuel Alfredo (arg.), Cavaleiro Andante #190
  • Certo dia aconteceu, 1955, Maria de Santo António (arg.), Pim-Pam-Pum #1542 a #1548
  • A ilha perdida, 1956, Maria Amélia Márcia (arg.), Cavaleiro Andante #210 a #251
  • Uma cidade flutuante, 1956, Cavaleiro Andante #253 a #280
  • A jóia do vice-rei, 1957, Cavaleiro Andante #283 a #309
  • O rei dos reis, 1957, Nº Especial do Cavaleiro Andante [#16], Natal de 1957
  • Emílio e os detectives, 1957, Cavaleiro Andante #310 a #339; Quadradinhos [3ª série] #93 a #107
  • Sherlock Holmes e a liga dos ruivos, 1958, Cavaleiro Andante #340 a #353; Quadradinhos [3ª série] #64 a #71
  • Emílio e os 3 gémeos, 1958, Cavaleiro Andante #340 a #388; Quadradinhos [3ª série] #108 a #127
  • Sherlock Holmes e o homem do beiço torçido, 1958, Cavaleiro Andante #354 a #368
  • Sherlock Holmes e os cinco caroços de laranja, 1959, Cavaleiro Andante #369 a #380
  • Sherlock Holmes e o diadema de esmeraldas, 1959, Cavaleiro Andante #382 a #394
  • Scaramouche, 1959, Cavaleiro Andante #395 a #425
  • Moby Dick, 1960, Cavaleiro Andante #426 a #444; Cadernos Moura BD #Nº Especial
  • Sherlock Holmes e a sociedade dos 13, 1960, Cavaleiro Andante #449
  • O escaravelho de oiro, 1960, Cavaleiro Andante #453
  • Perigo no desfiladeiro, 1960, Cavaleiro Andante #458
  • Os 5 na ilha do tesouro, 1960, Cavaleiro Andante #465
  • A chamada telefónica, 1961, Cavaleiro Andante #476
  • O cavaleiro escarlate, 1961, Cavaleiro Andante #482
  • Zé Foguete [gag], 1961, Bip-Bip #1 a #24 [irregular]
  • História muda [gag], 1961, Bip-Bip #3
  • O segredo do mar, 1961, Cavaleiro Andante #487
  • Uma sereia na bruma, 1961, Cavaleiro Andante #495
  • Carga perigosa, 1961, Cavaleiro Andante #502
  • Robert-Houdin. o rei da magia, 1961, Cavaleiro Andante #510
  • A ilha misteriosa [incompleta], 1961, Bip-Bip #12 a #34
  • Um estranho naufrágio, 1961, Cavaleiro Andante #517
  • Anita e Filipim [gag], 1961, Bip-Bip #16, #21 e #27
  • Zuca e Bazaruca [gag], 1962, Bip-Bip #19
  • Baden-Powell, 1962, Cavaleiro Andante #534
  • Em busca do deus crocodilo, 1962, Cavaleiro Andante #540
  • Rei do açúcar e imperador do Sahará, 1962, Cavaleiro Andante #548
  • Anserkad, a cidade perdida, 1962, Cavaleiro Andante #551
  • Terras malditas, 1962, Cavaleiro Andante #556
  • Uma verdadeira princesa, 1962, João Ratão #72
  • Um homem chamado Joaquim Agostinho, 1973, Jornal A Capital de 05.08.1973 a 20.08.1973; Álbum Câmara Municipal de Viseu [2010]
  • Camões, 1980, Adolfo Simões Muller (arg.), Boletim do Serviço de Bibliotecas Itinerante da Gulbenkian #3
  • A ilha do tesouro, 1980, Mundo de Aventuras #373 a #375
  • O presépio em quadradinhos, 1980, Quadradinhos [3ª série] #30
  • Novas estratégias de venda, 1983, Revista BP #1
  • Regresso à ilha do tesouro - Volume 1, 1993, Jorge Magalhães (arg.), Álbum ASA [1993]
  • Fogo na serra, 1994, Notícias Magazine #94
  • Regresso à ilha do tesouro - 2ª parte, 1999, Selecções BD [2ª série] #13 a #19
actualizado em 29.04.2018

Sem comentários:

Enviar um comentário