30 de novembro de 2010

Buck Danny - Intégrale 1

Lembram-se das aventuras do piloto Buck Danny na Guerra do Pacífico no nostálgico Mundo de Aventuras e também nas duas séries da Spirou? Bons tempos! Agora as Éditions Dupuis começaram a editar a edição integral da série de Jean-Michel Charlier e Victor Hubinon. Este primeiro volume permite-nos acompanhar o jovem capitão da U.S. Air Force Buck Danny e os seus amigos, o ruivo Sonny Tukson e o taciturno Tumbler, na sangrenta Guerra do Pacífico. Podemos deliciar-nos com os três primeiros episódios, originalmente publicados na revista belga Spirou: «Les Japps attaquent» («Os japoneses atacam», Mundo de Aventuras, V série, #60 a #72), «Les mystères de Midway» («Os mistérios do Midway», Mundo de Aventuras, V série, #87 a #89) e «La revanche des fils du ciel» («A vingança dos filhos do céu», Mundo de Aventuras, V Série, #108 a #109).

Buck Danny, Intégrale 1, Charlier e Hubinon, Éditioin Dupuis, 184 pp, 19 €

Doryphores #5

O Cercle Archibald é um clube tintinófilo francês que edita, entre outras actividades, a revista anual Doryphores. Chegou-me o #5 referente ao ano em curso. Esta revista, exclusivamente para sócios, versa assuntos relacionados com a tintinofila e tem como articulistas nomes famosos no estudo da obra de Hergé, como Jacques Hiron neste número. Do sumário do #5, desaco, os seguintes artigos:
  • A origem de alguns gags de Hergé nas aventuras de Tintin (com destaque para os do português Oliveira de Figueira);

  • Entrevista com Ludovic Schuurman, autor de uma tese académica intitulada «Hergé au pay des îles noires: Etude comparée des trois versions d'un album d'Hergé»

  • A verdade sobre a infância de Tintin;

  • Tintin político, as aventuras apócrifas.

De realçar, tendo em conta as condições leoninas da Fundação Hergé, que a revista, de grande qualidade editorial, não possui qualquer imagem dos heróis de Hergé. De lamentar!


Doryphores #5, 2009, 40 pp

29 de novembro de 2010

dBD #49

Chegou-me o número 49 do magazine francês de informação sobre BD: [dBD]. O grande destaque deste número é a série Les Mondes de Thorgal com entrevistas a Yves Sente, Grzergorz Rosinski e Giulio De Vita. Les Mondes de Thorgal é uma série paralela a Thorgal onde são retratadas personagens da série «mãe»: Kriss de Valnor é a primeira.
Além deste dossiê, este número apresenta-nos a Génération 2010, uma extensa análise sobre os novos autores da bd franco-belga aparecidos neste ano que termina, onde destaco Romain Hugault, autor da série «Do Outro Lado das Nuvens», com edição recente em Portugal pela Vitamina BD.

Além do habitual Caderno Crítico, podemos ler uma reportagem sobre a BD nas paredes de Bruxelas e a terminar a habitual rubrica de Henri Filippini, este mês dedicada à série desconhecida em Portugal, Totoche.

Uma informação preciosa: o HS de Dezembro é totalmente dedicado a Hermann. A não perder!


[dBD] #49, Dezembro/Janeiro 2011, 132 pp, 10 €

27 de novembro de 2010

A I República na Génese da Banda Desenhada

A I República e a Génese da Banda Desenhada e no olhar do século XXI foi tema de uma exposição inserida no Centenário da República e que decorreu até 5 de Novembro na cidade da Amadora.
A exposição teve cinco núcleos, cada um deles a cargo de um investigador: A I República e a Amadora por João Castela Cravo, A Caricatura Modernista e a Primeira República, a cargo de Oswaldo de Sousa, O primeiro filme de animação português, por Paulo Cambraia, A Génese da moderna BD Portuguesa, por João Paiva Boléo, e A I República na BD portuguesa contemporânea.
Paralelamente, foi editado um excelente catálogo pela INCM, onde retrata parte do espólio presente na exposição, além de cinco notáveis trabalhos, a saber:

  • A I República e a Amadora, por João Castela Cravo

  • Os jornais na República, as máquinas e os homens, por Cristina Gouveia

  • A caricatura modernista e a I República, por Osvaldo Macedo de Sousa

  • A génese da moderna banda desehada portuguesa, por João Paulo Paiva Boléo

  • O pesadelo de António Maria, por Paulo Cambraia

A I República e a génese da Banda Desenhada Portuguesa e no olhar do século XXI, Catálogo de Exposição, INCM, 2010

Tintin na revista Empire

A revista inglesa de cinema Empire do mês de Dezembro de 2010 publica uma reportagem de 11 páginas dedicada ao próximo filme de Steven Spielberg, em que traz à tela uma aventura do Tintin. O filme, a estrear-se em 26 de Outubro de 2011, utiliza a técnica de captura de imagem e terá o título «The secret of the Unicorn». Jamie Bell (Tintin), Andy Serkis (Haddock), Daniel Craig, Simon Pegg (Dupond) e Nick Frost (Dupont) serão os principais actores de um filme, onde Spielberg recupera o díptico das aventuras de Tintin, «O segredo do Licorne/O tesouro de Rackham o Vermelho». A novidade para os amantes de Tintin desta edição da Empire é a publicação das primeiras imagens do filme, bem como uma entrevista ao realizador Steven Spielberg.
«The secret of the Unicorn» será o primeiro de uma trilogia dedicada ao Tintin, com o segundo a ser realizado por Peter Jackson, o realizador d' «O Senhor dos Anéis».


Empire #258, Dezembro 2010, 178 pp, 7,20 €

22 de novembro de 2010

Tintin

Mais dois álbuns da nova coleção Tintin das Edições ASA:

TINTIN - A ESTRELA MISTERIOSA

Tintin observa uma estrela que parece aproximar-se cada vez mais da Terra. Num observatório, o professor Calys descobre que é um meteorito e que em poucas horas vai embater no nosso planeta, causando o fim do mundo. Felizmente, os cientistas falham os cálculos e o meteorito passa ao lado, embora um fragmento acabe por cair no Mar do Norte. O Prof. Calys descobre que este contém um elemento químico desconhecido. É então organizada uma expedição para o recuperar, e entre o grupo está Tintin e o capitão Haddock. Mas vão ter de enfrentar um bilionário que tudo fará para impedir que os protagonistas cheguem primeiro ao destino.

TINTIN - O SEGREDO DO LICORNE

Tintin compra para o amigo Haddock o modelo de um galeão antigo, que, por coincidência, era a réplica do navio de um antepassado do capitão, o cavaleiro de Hadoque. O modelo é roubado, e logo depois a casa de Tintin é toda revirada. O que procuravam os assaltantes? Por sua vez, o capitão encontra no sótão de casa as memórias do cavaleiro. Nelas, ele narra o seu encontro no Caribe com o pirata Rackham, o Terrível, que o captura com o seu navio, e para o qual transfere os tesouros que havia pilhado. O cavaleiro consegue escapar e afunda o Licorne com todo o tesouro a bordo. Divide depois o mapa com a localização do naufrágio em três partes, que esconde em réplicas do navio. Muitos anos depois, Tintin e seus amigos decidem encontrar as partes do mapa, sabendo que para isso terão de enfrentar uma perigosa quadrilha.

Tintin, «A Estrela Misteriosa» e «O segredo do Licorne», Hergé, Edições ASA, 8,90 € cada

Blake & Mortimer #20 - A Maldição dos Trinta Denários: Tomo 2

Há cerca de 2000 anos, o Apóstolo Judas vendeu Cristo aos Romanos por trinta dinheiros de prata. Blake e Mortimer devem encontrá-los antes que originem mais uma sangria. De facto, o antigo SS Von Stahl tenta apoderar-se dessas malditas moedas, convicto de que o seu poder maléfico lhe permitirá controlar o mundo. Para isso, recorre aos préstimos de Olrik, depois de o ter libertado de uma prisão americana. Mais do que nunca, o ambicioso "coronel" está decidido a vingar-se dos seus velhos adversários. O segundo volume desta aventura já disponível com uma edição da ASA. Com argumento de Jean Van Hamme, Aubin e Schreder conseguem recuperar o espírito de Jacobs e fazer perdurar uma série nostálgica e sempre empolgante. Aubin e Schreder substituem o malogrado Yves Sente e a sua esposa Chantal Spielgeleer, que após a morte do seu marido terminou o primeiro volume. Como já vem sendo hábito, as lojas FNAC têm uma capa exclusiva.

Blake & Mortimer, «A Maldição dos Trinta Denários- Tomo 2», Van Hamme, Aubin e Schreder, Edições ASA, 2010

19 de novembro de 2010

Gaston #19


E pronto! Terminou a colecção da ASA/Público da série Gaston de André Franquin. O #19 tem o título «Cuidado com o Lagaffe».


Gaston #19, «Cuidado com o Lagaffe», Franquin, Público/ASA, 2010, 46 pp

10 de novembro de 2010

Largo Winch #17

Martha Stroegl, filha do doutor Stroegl, administrador do Banco Standard Anlage, é raptada por uma mulher mascarada que a leva para Lucerna, cidade suíça. Esta operação obriga Stroegl a desencadear um operação bancária visando a destabilização do Grupo W. Simultâneamente, nos Estados Unidos, Largo Winch assiste ao assassinato de Basil William, director da sua frota mercante, pelo turco Tungut Agda. Após a morte do assassino, Largo é acusado pelo FBI dos dois assassinatos. Largo enceta uma acção a fim de provar a sua inocência e em conjunto com Silky e Simon começam a deslindar um negócio de tráfico de armas ligado ao terrorismo internacional.


Este é o resumo do tomo 17 da série Largo Winch, hoje editado pela Dupuis, e intitulado «Mer Noire». Os desenhos são de Philippe Francq e o argumento de Jean Van Hamme.


Em Portugal, estão editados seis álbuns da série, repartidos pela Bertrand Editora (#1,#2 e #3) e a Gradiva (#5, #6 e #15).





Largo Winch #17, «Mer Noire», Rancq e Van Hamme, Dupuis, 2010, 48 pp

Thorgal #32

Jolan, filho de Thorgal, reune-se com Manthor, no reino de Asgard, que lhe pede para recuperar uma maçã do pomar da deusa Idun. O fruto permitirá a eterna juventude à deusa Vynia, mãe de Asgard, condenada à velhice por Odin. Jolan terá de lutar com o pérfido Loki, enquanto Thorgal faz uma aliança com o mercador russo Petrov, a fim de poder enfrentar os seus misteriosos adversários. Yves Sente é o novo argumentista da série, substituíndo Jean Van Hamme, continuando Grzergorz Rosinski como desenhador.
Em Portugal, a série tem sido editada fugazmente, primeiro pela Livraria Bertrand, passando pela Futura e, finalmente, pela ASA, que editou o herói pela última vez em 2005. Em suma, somente quatro álbuns num universo de trinta e dois.


Thorgal #32, «La Bataille d'Asgard», Sente e Rosinsky, 2010, 48 pp.

9 de novembro de 2010

Mattéo #2

1917: um militante anarquista refugiado em Espanha, país do seu pai, Mattéo regressa de França para rever a sua mãe e o seu amor de juventude, Juliette. Contudo, Juliette casada com Guillaume de Brignac, recusa-se a seguir Mattéo, que parte para a Rússia acompanhado pelo seu amigo Gervásio. O seu objectivo é ajudar os bolcheviques na conquista do poder na Rússia dos velhos czares. Chega a Petrogrado em Outubro 1917, a tempo de assistir à Revolução Soviética. Torna-se repórter fotográfico e é actor da Revolução. Conhece uma nova paixão: Léa. Este é o argumento do 2º volume de Mattéo (o primeiro está editado em Portugal pela Vitamina BD), com assinatura de Jean-Pierre Gibrat, que ambiciona contar a história do seu herói de 1914 a 1939 (ano de início da 2ª Guerra Mundial).
Estou ansioso pela edição portuguesa!
Mattéo #2, Deuxiéme époque 1917-1918, Jean-Pierre Gibrat (o #1 está editado pela Vitamina BD)

8 de novembro de 2010

Borgia #4

Está completa a saga dos Bórgia em BD. O quarto volume da obra de Jodorowsky e Manara saíu no mercado francês, estando, para breve, a edição no mercado português pelas Edições ASA.
A expedição em Itália do Rei Carlos VIII de França termina em Nápoles com o afogamento do soberano nas lavas incandescentes do Vesúvio. Liberto do compromisso sacerdotal pelo seu pai, César Bórgia sonha reconquistar o país. ´
O sexo, a violência, a luxúria, o crime e o incesto continuam a pautar esta reconstituição do reino dos Bórgia, uma verdadeira máfia familiar, onde o poder determina todos os meios.


Bórgia, 4 volumes, Manara e Jodorowsky (os três primeiros já estão editados em Portugal pela ASA)

6 de novembro de 2010

Gaston #18


E esta semana, o 18º volume, o penúltimo...


Gaston #18, «Resmas de gafes», Franquin, Público/ASA, 46 pp, 6,40 €

Gaston #17


Está a terminar a colecção Gaston do Público/ASA. Na semana passada foi editado o 17º volume: «Gafes atrás de Gafes». Sempre de Franquin.


Gaston #17, «Gafes atrás de gafes», Franquin, Outubro de 2010, 46 pp, 6,40 €

Catálogo do 21º Festival Internacional de BD da Amadora

Termina amanhã o 21º Festival Internacional de BD da Amadora, este ano, como palco central, o Centenário da República Portuguesa. Como habitualmente, o certame edita um catálogo da exposição. O índice do catálogo deste ano é o seguinte:

  • O centenário da República
    Exposições
  • Prémios Nacionais 2010
  • Encontros
  • Novas Apostas
  • Exposições para os mais novos
  • Amadora Cartoon
  • Caricatura
  • 10 Anos de CNBDI
Brevemente, será lançado um catálogo dedicado exclusivamente à exposição sobre o autor português Fernando Bento.


21º AmadoraBD 2010 Centenário da República Portuguesa, Câmara Municipal da Amadora, 2010, 192 pp

5 de novembro de 2010

Hop! #127

Chegou-me hoje o nº 127 da Hop!, datada de Setembro de 2010. Passoalmente, a Hop! é a melhor revista sobre estudos de BD. Trimestral, esta revista francesa edita anualmente dois números dedicados à Nostalgie BD e os outros dois à Actualité BD. Este número é da série Nostalgie BD e destaco os seguintes artigos:


  • 1ª parte sobre um estudo sobre o autor francês Noel Gloesner (1917-1995), contendo além da sua biografia, a sua bibliografia no Fripounet (1946-1984), Francs Regards (1949-1951) e na revista Suzette (1956-1960). A complementar, a primeira parte de uma aventura de Gloesner intitulada Colonel X en Malasie);

  • 1ª parte do dossier Chott (Pierre Mouchot) (1911-1966), consagrado ao início deste desenhador francês, com o habitual ensaio bibliográfico. Podemos também deliciar-nos com a primeira parte de um aventura de Chott, de nome «Mowg - Fils de la Brousse»;

  • 12ª parte do dossiê Agente Secreto X-9, dedicado às últimas aventuras do herói, com data de 2007;

  • «Les Grands Classiques de la BD Americaine» - 1ª parte: As tiras diárias de 1928-1940, dedicado às aventuras de Tim Tyler's Luck;

  • E, finalmente, a 13ª parte da análise da obra de Marijac.


Hop! #127, Septembre 2010, 64 pp., 7,60 €

4 de novembro de 2010

Casemate #31

Já está na minha estante o #31 da revista de informação de BD, Casemate. O autor deste de Novembro é o Jean Dufaux, a propósito do lançamento da sua nova série, Barracuda. Depois temos as habituais entrevistas a testemunhar o lançamento das suas novas obras:
  • Fabien Nury e Sylvain Vallée - Il était une fois en France #4
  • Jean Van Hamme - Largo Winch #17

  • Maryse Charles - India Dreams #6

  • Alexandro Jodorowsky - Showman Killer #1

Finalmente, destaco um artigo, recheado com algumas pranchas, sobre o 2º volume da «A Maldição dos Trinta Denários» da série Blake et Mortimer, pelo qual ansiamos a edição portuguesa.



Casemate #31, Novembro de 2010, 100 pp, 6,40 €

Les Amis de Hergé #50

Chegou ao nº 50 a revista semestral do clube tintinófilo belga Les Amis de Hergé. Reservada exclusivamente a sócios, o número de Outono 2010 tem os seguintes destaques:
  • Os segredos do Capitão Haddock

  • Os espectros do Ceptro

  • Os barcos de Hergé: o Carmona

  • O fresco do túmulo de Kih-Oskh

  • Hergé e Haddock no país da nobre sede

  • O triunfo americano de Tintin

  • Os objectos derivados do mundo de Tintin

Les Amis de Hergé #50, Automme 2010, 48 pp, reservado a sócios

3 de novembro de 2010

dBD #48

Chegou-me hoje a revista francesa de informação sobre BD, a [dBD] #48, referente ao mês de Novembro. A salientar neste número uma extensa entrevista com Jean Dufaux, autor de Djinn e Murena, assim como uma outra com Patrick Cothias, no momento do lançamento da sua nova série, L'Ambulance, uma obra como cenário a 1ª Guerra Mundial. O «Making-Off» deste número é dedicado à nova série de Dufaux, Barracuda. A fechar, Henri Filippini brinda-nos com a sua rubrica «Série Culte» dedicada ao herói de Jean Graton, Michel Vaillant.

[dBD] #48, Novembro de 2010, 98 pp, 8,90 €