7 de dezembro de 2017

Benoît Brisefer - Ensaio de quadriculografia portuguesa

Ficha técnica:
Aventura
(Bélgica) Spirou #1183, 15 de Dezembro de 1960
Peyo (argumento e desenho)
Outros artistasWill, Yvan Delporte, François Walthéry, Gos
Estreia em PortugalPisca-Pisca nº 16, Dezembro de 1969
Outras publicaçõesNau Catrineta, Jacaré, Álbum União Gráfica

Benoît Brisefer é uma criança com uma força sobre-humana que vive na aldeia campestre de Vivejoie-la-Grand. O jovem coloca o seu dom ao serviço de boas causas. Mas há um problema: quando se constipa, a força extraordinária desaparece. Benoît vive as suas aventuras com os seus amigos, o senhor Vlavladoka do circo Bodoni, o corajoso Tonton Placid e a pequena escuteira Mona
Criada por Peyo, a série é um verdadeiro hino à poesia e ao bom humor. Após a morte do criador em 1992, a série é assegurada pelos Estúdios Peyo, nomeadamente por Pierre Culliford nos textos e Pascal Garray na arte. Em Portugal, toma o nome de Kim Kebranoz ou João Valentão.

Quadriculografia portuguesa:
  • Os táxis vermelhos (Les taxis rouges), 1961, Peyo e Will, Álbum União Gráfica [197?]
  • Dona Elvira e os bandidos (Madame Adolphine), 1963, Peyo e Will, Jacaré #1 a #17; Álbum União Gráfica [197?]
  • Os doze trabalhos de João Valentão (Les douze travaux de Benoît Brisefer), 1966, Peyo e Delporte, Nau Catrineta #256 a #314
  • Fuga do Jardim Zoológico (?), ? e Gos, Pisca-Pisca #16
  • [-] (?), Walthéry e Gos, Pisca-Pisca #18


[actualizado em 20-11-2014]

Sem comentários:

Enviar um comentário